Faça Você Mesmo a Estratégia de Conteúdo da sua Empresa em 7 passos

August 5, 2015

 

Conteúdo de qualidade é uma excelente forma de aproximar ainda mais seus produtos ou serviços do seu público-alvo com baixo custo de investimentos.

 

O conteúdo pode ser considerado uma ferramenta poderosa para se comunicar com o público-alvo de forma eficaz. Com o poder de atrair, educar e engajar, o conteúdo deve ser visto como uma oportunidade de aproximar seus potenciais clientes através de assuntos que realmente importam para eles, sem a necessidade de investir muito dinheiro em patrocínios em Google Ads ou anúncios em redes sociais. Mas, para isso, é preciso de um tanto de dedicação a fim de obter o retorno sobre o investimento e os resultados esperados.

 

Neste post quero ajudá-lo(a) a conhecer mais sobre esta estratégia de marketing e como usá-la para fortalecer o posicionamento da sua marca. Aproveite e cadastre-se na minha lista VIP para receber outras dicas práticas de marketing: http://www.flaviasales.com/inscrever.

 

Antes de qualquer ação de marketing, você precisa conhecer a fundo o seu público (seus clientes), saber quais assuntos são relevantes para ele, o que atrai a sua atenção e se dedicar ao máximo para descobrir mais coisas sobre eles, de forma com que consiga utilizar essas informações para aproximá-lo da sua marca. Após todo esse conhecimento, é imprescindível criar uma estratégia de conteúdo que leve em conta todas as informações colhidas a respeito do público-alvo e, traçando o objetivo dessa comunicação, quais as pautas mais interessantes a serem desenvolvidas, e assim por diante.

 

Como exemplo, vamos supor que seu negócio é passear com cachorros (dogwalker). Seu público ama esses caninos e você sabe disso. Como diferencial, você possui cursos na área da psicologia canina e primeiros socorros em saúde animal. Então uma boa estratégia de conteúdo seja você privilegiar textos como "Saúde do seu cachorro está a uma volta do quarteirão", "Cachorros que passeiam 2 vezes ao dia são mais felizes e vivem mais", e por aí em diante. Estes textos, além de fornecer informações úteis para a saúde e bem estar dos pets dos seus clientes, ajudam a fortalecer a imagem de que seu serviço é crucial para isso. Lembre-se de que é possível também passar tal mensagem com outras formas de conteúdo, como vídeos, fotos, ilustrações, infográficos, etc. Não se prenda a utilizar apenas textos, afinal, um imagem pode dizer mais do que mil palavras, certo?

 

Por que investir em marketing de conteúdo?

  • Melhore sua posição no ranking nos mecanismos de busca;

  • Posicione sua marca como a melhor no que faz;

  • Os clientes evitam e repudiam anúncios e buscam conteúdo;

  • Atraia novos clientes e fidelize os clientes atuais;

  • Eduque seus leads, explicando o que você faz.

 

Mas, o que é estratégia de conteúdo?

 

Podemos caracterizar a estratégia de conteúdo como uma espécie de planejamento, contendo todos os passos que devem ser seguidos para atingir certos objetivos ao decidir compartilhar conteúdos diferenciados com seu público. Essa estratégia irá viabilizar desde os assuntos que precisam ser abordados, até mesmo a frequência de conteúdo publicado, em quais mídias ele será publicado (diretamente no site, em um blog ou rede social), qual a linguagem mais apropriada para falar com seu público, e, principalmente, quais métricas serão usadas.

 

Todos esses passos, por mais superficiais que possam parecer, são necessários para garantir um resultado positivo no momento de compartilhar o conteúdo. Além disso, a estratégia de conteúdo serve como uma prevenção de possíveis falhas pois tudo foi pensado com um propósito e uma métrica para mensurar se os objetivos foram alcançados e, caso contrário, corrigir o percurso das ações na direção certa.

 

O marketing de conteúdo passa a ser incorporado no dia a dia da empresa a partir de uma estratégia correta e que faça sentido para os objetivos da empresa. Isso quer dizer que se você deseja aumentar sua lista de clientes (mailing) usará uma estratégia diferente caso seu objetivo seja aumentar as vendas do produto XYZ.

 

O conteúdo jamais deve ser apenas uma opção de atualização da página para o cliente ver que se preocupam com ele. Pelo contrário, isso é errado, pois, nesse caso a quantidade não fala mais do que qualidade. Ninguém gosta de alguém que só fala um monte de besteira, mas todos amam quem sucintamente fala coisas interessantes. Lembre-se de que quanto mais relevância maior sua credibilidade e, respectivamente mais confiança o que gera mais vendas.

 

Por isso, pode ser interesse você optar por focar em apenas uma temática que possa envolver todo o seu público, do que falar sobre vários assuntos e acabar se perdendo no meio do caminho. A ideia, nesse caso, é se concentrar em apenas um objetivo inicial e mostrar para o público que a empresa realmente é expert no assunto e que tem informações relevantes para compartilhar.

 

A partir disso, a estratégia cria um caminho longo a ser seguido, abrindo diversas possibilidades para engajar e entreter o público (inbound marketing). Veja abaixo o passo-a-passo e Faça Você Mesmo a Estratégia de Conteúdo da sua Empresa.

 

Aproveite e se cadastre no meu blog para receber mais dicas práticas de marketing: http://www.flaviasales.com/inscrever.

 

 

Passo a Passo da Estratégia de Conteúdo

 

A partir do momento em que deseja realizar inbound marketing (ganhar atenção do seu público), a estratégia deve ser vista como um passo fundamental para produzir conteúdo de qualidade para o público-alvo. Nesse momento, a tática primordial é fazer com que o público tenha interesse pela marca, de forma com que desenvolva a vontade de consumir seu produto ou serviço graças as estratégias desenvolvidas.

 

1. O primeiro passo é conhecer seu público-alvo e entender quais são os seus interesses. É importante que o responsável trace um perfil do consumidor, desde aqueles que já são clientes, até os potenciais. Entenda qual linguagem atrai sua atenção, qual o seu desejo, e assim por diante. Antes de desenvolver qualquer conteúdo, conheça quem irá ler ou assistir.

 

2. Entenda qual o seu objetivo e tente traçar metas para atraí-los. Exemplo: objetivo é aumentar seu mailing list para poder enviar promoções e ofertas via email. Meta é fazer um vídeo tutorial por semana sobre maquiagem, usando os produtos que você vende, e no final, você anuncia os produtos e diz que aos cadastrados irão ganhar 10% de desconto ou simplesmente, outras dicas extras.

Saiba o que realmente deseja atingir, o porquê e se ele realmente vale a pena ao ponto do público se interessar. Desenvolva formas possíveis de colocar o objetivo em prática, estimulando o interesse e curiosidade do público. Que tal criar desenhos com lápis de olhos e compartilhar pelas redes? Seja criativo!

Abaixo alguns exemplos destes objetivos e métricas que você pode utilizar:

(FONTE: http://rockcontent.com/wp-content/uploads/2014/04/Ebook_Organizze_Rock.pdf)

 

As métricas são importantes para você calcular a efetividade das ações e o retorno sobre os investimentos. Afinal, você deve se perguntar quem irá produzir e como irá divulgar estes conteúdos, sejam eles textos, vídeos, áudios ou imagens. Será um fornecedor externo ou você mesmo o fará? Quais recursos são necessários para criá-los e gerenciá-los? Qual o volume necessário? Tudo isso deve ser levado em conta para levantar o planejamento financeiro da sua estratégia de conteúdo. Como exemplo, utilize a planilha de custos abaixo e inclua novos ítens de acordo com sua estratégia. Apesar de básica, ela cumpre bem seu papel.

 

(FONTE: http://rockcontent.com/wp-content/uploads/2014/04/Ebook_Organizze_Rock.pdf)

 

3. Sabendo qual o fim desejado, você pode passar a criar soluções que ajudem a atrair a atenção do seu público-alvo. No marketing para conteúdo, é importante você identificar os temas e mensagens que interessam ao público e se capacitar para produzir o texto, o vídeo ou o infográfico. Desenvolva um conteúdo interessante e tente ser o melhor naquilo, se tornando referência para os clientes e potenciais. Caso seu público seja ávido por tecnologia, procure mostrar coisas novas e não mais do mesmo.

 

4. Para alcançar o público, compartilhe o conteúdo nos mais variados locais que sejam relevantes para a marca. Pode ser dentro de um espaço no site e, principalmente, nas redes sociais, que possuem a capacidade de espalhar o conteúdo para diversas pessoas no mundo, atraindo a confiança e o interesse. Já mostrei no blog um prisma com inúmeras redes, então não se limite as mais famosas com Facebook, Twitter, LinkedIn, Instagram e Google Plus. Tão pouco faça contas em toda rede social que ver por aí. Estude o perfil de cada rede e se nela estão seus clientes atuais e/ou possíveis clientes. Se não houver combinação, vale a pena dedicar-se a apenas as mais usadas mesmo. É importante também se atentar qual o melhor horário se comunicar com seus consumidores online, é pela manhã ou à noite? Baixe o infográfico abaixo Os Melhores Horários para Postar nas Redes Sociais (elaborado pelo Viver de Blog) e agende seus posts corretamente.

 

 

(FONTE: http://landing.viverdeblog.com/infografico-melhores-horarios-para-postar-nas-redes-sociais/)

 

5. Para atrair ainda mais pessoas e criar força no conteúdo publicado, passe a implantar as técnicas de SEO no que compartilha. Identifique palavras-chave, coloque no texto de forma com que atraia o olhar do público. Por exemplo, se seu negócio é oferecer serviços em computação em nuvem (cloud computing), imprima estas palavras e outras relacionadas ao longo do texto para que ao serem procuradas nos buscares levem novos leitores até você. As palavras-chave são uma das melhores formas de responder as dúvidas que o cliente possui, ao se identificar - ou não - com elas. Utilize, por exemplo, a ferramenta Google Trend (veja ao final deste artigo) para te ajudar a definir estas palavras chaves que estão bombando na internet e, assim, deixe seu conteúdo mais relevante e atual.

Dica: no Youtube tem vários vídeos ensinando a utilizar o Google Trends.

 

6. Comece a executar o conteúdo de forma séria e criteriosa, lembre-se de mostrar ao público que a empresa realmente é expert no assunto e que tem informações relevantes para compartilhar. Passe a colocar em prática toda a estratégia traçada e compartilhe nas mais variadas redes sociais. Após definir as pautas, conteúdos, formas e meio, siga a risca seu planejamento, sempre atento as métricas estipuladas. Para não perder o cronograma das suas ações, você pode utilizar uma planilha de controle ou mesmo um programa. Como o objetivo é facilitar sua vida, que tal utilizar esta planilha para gerenciar estratégia de conteúdo aqui?

 

 (FONTE http://rockcontent.com/wp-content/uploads/2014/04/Ebook_Organizze_Rock.pdf)

 

7. Após desenvolver a estratégia e colocá-la em prática, é importante mensurar tudo que já foi realizado, podendo ter acesso aos resultados. Medir os resultados é um passo importante para colocar a prova a eficiência do conteúdo, se ele realmente satisfez o público e assim em diante. Volte-se para seus controles de objetivos e métricas, além dos custos previstos e receitas obtidas e faça uma análise realística sobre o retorno das suas ações. Uma medida usada para medir resultados sobre um esforço investido é o Return on Investment (ROI), Retorno Sobre Investimento. A fórmula básica de cálculo de ROI é: Ganho sobre investimento - custo do investimento / custo do investimento e, embora no marketing de conteúdo o ideal seja mensurá-lo em longo prazo, pois é quando ele ganha força, é possível mensurar sua efetividade com base nos resultados obtidos mês e mês.

 

ROI = Ganho sobre um investimento - Custo do Investimento

                        Custo do investimento

 

Caso o resultado não seja o que esperava, não tenha medo de mudar suas táticas. Por isso controlamos as ações, para replicar o que dá certo e corrigir o que não dá.

 

Para encerrar, veja algumas estatísticas sobre Inbound Marketing que comprovam por que você deve utilizar esta estratégia na sua comunicação:

  • Inbound Marketing custa 62% mais barato do que Outbound Marketing ("velho marketing", que empurra produtos/serviços aos clientes) e gera 3x mais leads;

  • Empresas que utilizam blogs conseguem 97% mais links apontando para seu website;

  • 275% é o ROI (retorno sobre investimento) médio produzido através de estratégias de inbound marketing.

Quer mais motivos? Acesse 62 Razões para investir em Marketing de Conteúdo com dados estatísticos de todo o mundo e baixe também estes Casos Reais de Sucesso. (Ambos excelentes materiais da Rockcontent).

 

FERRAMENTAS ÚTEIS

 

Para brainstorm e definição de seu público, pautas, meios e formas: utilize aplicativos de mapas mentais, que facilitam a organização, ajudam a estruturar as ideias e são uma excelente fonte de inspiração (clique nos links abaixo para testá-los).

 

  • Goconqr -  https://www.goconqr.com/pt-BR

  • MindMesiter -  http://www.mindmeister.com

  • Coogle It -  http://coggle.it/

  • MindNode para MAC -  https://itunes.apple.com/br/app/mindnode-pro/id402398561?mt=12&uo=4&at=1l3v82L

  • StormBoard -  https://www.stormboard.com

  • iThoughtsHD (mindmapping) -  https://itunes.apple.com/br/app/ithoughtshd-mindmapping/id369020033?mt=8&uo=4&at=1l3v82L

  • Popplet -  https://itunes.apple.com/br/app/popplet/id374151636?mt=8&uo=4&at=1l3v82L

 

Também recomendo este material excelente da Rockcontent: Plano de Conteúdo para Automação do Marketing. Use-o para segmentar seu público e definir quais conteúdos são ideiais para oferecer a eles em cada fase do processo de compra. Exemplo: na fase inicial você deve optar por ações que facilitem o usuário a te localizar, enquanto na fase de análise você deve focar ações que o estimulem a experimentar seus serviços/produtos.

 

Planilhas para gerenciamento de campanhas digitais e verba (redes sociais e Google Ads):

  • http://materiais.rockcontent.com/calendario

  • http://midiaboom.com.br/wp-content/uploads/2013/03/checklist.jpg

  • http://ricardomello.me/planilha-planejamento-midias-digitais-google-drive-docs/

  • http://dl.dropbox.com/u/114928/Gerenciamento%20de%20contas.xls

 

Aplicações para agendamento de posts e gestão de redes sociais:

 

Buffer - https://bufferapp.com
Hootsuite - https://hootsuite.com * ESTA É A FERRAMENTA QUE EU USO E SUPER RECOMENDO *
Sprout Social - http://pt.sproutsocial.com
Everypost - http://everypost.me/pt
Hubspot - http://www.hubspot.com/products/social-inbox
SumAll - https://sumall.com
Social-Express - http://www.social-express.com
Socialight - http://www.socialight.io
Feedient - https://feedient.com
Social Hunt - http://www.socialhuntapp.com
Brook - http://www.brookdaily.com
Social Flow - http://www.socialflow.com
Shared Count - https://www.sharedcount.com
Buzzsumo - http://buzzsumo.com
Topsy - http://topsy.com
Pagemodo - https://www.pagemodo.com
Social Oomph - www.socialoomph.com
Social Bro - http://www.socialbro.com
Spredfast - https://www.spredfast.com
Tweepi- http://tweepi.com
 

 

 

Outras Ferramentas Úteis e Gratuitas:

  • Google Trends: com ele você é possível identificar as tendências nas buscas no Google. Ideal na hora de decidir palavras chaves utilizar. Gratuita. http://www.google.com/trends

  • Social Mention: Boa alternativa para monitorar as ações dos concorrente nas redes sociais, pois basta digitar nome da marca ou produto e a ferramenta mostrará as uma lista de pessoas que estão falando sobre o assunto. Gratuita. http://socialmention.com

  • Klout: Essencial para gerenciar a presença online de uma pessoa ou marca.  A ferramenta calcula através das interações das redes sociais cadastradas qual sua nota. Gratuita. htpp://klout.com

 

Te espero no próximo post! Inscreva-se aqui para receber novas dicas práticas de marketing.

 

 

Sobre a autora:

Flávia Sales é consultora em estratégias de marketing, comunicação e vendas em mercados B2B e B2C.

www.flaviasales.com | mkt@flaviasales.com | 11 995.596.555 | Skype: flavia-sales

 

 

 

 

FONTES:

http://www.ideiademarketing.com.br/2013/04/23/o-que-e-estrategia-de-conteudo/

http://viverdeblog.com/inbound-marketing/

http://www.designcomdesign.com.br/portal/blog-da-dcd/item/82-10-passos-para-construir-estrategia-de-marketing-conteudo.html

http://contentools.com.br/marketing-de-conteudo/a-formula-definitiva-do-marketing-de-conteudo/

http://www.facileme.com.br/ferramentas/10-ferramentas-indispensaveis-para-gerenciar-facebook-twitter/

http://materiais.rockcontent.com/calendario

http://midiaboom.com.br/wp-content/uploads/2013/03/checklist.jpg

http://blog.luz.vc/como-fazer/como-planilhas-podem-te-ajudar-elaborar-suas-estrategias-de-midias-sociais/

http://ricardomello.me/planilha-planejamento-midias-digitais-google-drive-docs/

http://dl.dropbox.com/u/114928/Gerenciamento%20de%20contas.xls

http://rockcontent.com/wp-content/uploads/2014/04/Ebook_Organizze_Rock.pdf

http://www.escolafreelancer.com/aplicativos-para-gerenciar-contas-de-midias-sociais/

http://www.estrategiadigital.pt/top-20-de-ferramentas-para-gestao-de-redes-sociais/

http://viverdeblog.com/melhores-horarios-para-postar-nas-redes-sociais/

http://rockcontent.com/wp-content/uploads/2014/02/plano-conteudo-automacao-mkt.pdf?__hssc=64741936.6.1438721293178&__hstc=64741936.84265d58203ee243f5ae3e29c9111eb4.1438719253143.1438719253143.1438721293178.2&hsCtaTracking=2586bdd0-4681-4a24-a546-d3c44509e130%7C944145f9-8c8d-4074-bdc1-6aa33ae6d747

Please reload

Destaques